Dicas Úteis

Como a idéia do Blog é trocar informações, dicas e sugestões para quem parar de fumar, aqui vão algumas idéias que ajudam bastante:

– Você pode parar de uma vez ou aos poucos; alguns estudos mostram que parar de uma vez pode ser mais eficaz, mas hoje sabemos que parar aos poucos também funciona: o segredo é estipular um prazo para a redução e aí finalmente zerar o número de cigarros. Este prazo pode ser de 15 dias, nos quais você vai diminuindo o consumo até a parada. Prorrogar muito este período não é indicado, pois mesmo se ficar contente por ter reduzido, dificilmente sustentará esta redução por muito tempo, há o risco de acabar não parando e voltar à antiga quantidade.

– Caso vá utilizar algum remédio ou reposição nicotínica, programe o prazo de acordo com o modo de uso do produto, por exemplo: se for usar adesivo de nicotina, pare de uma vez ao colocá-lo (já vi muita gente usar adesivo e continuar fumando, o que aumenta a quantidade de nicotina no organismo!) ou então reduza antes e ao colocar o adesivo pare de fumar, estando atento a usar a dose certa para seu consumo. Em relação às outras medicações hoje disponíveis, pretendemos falar em breve, aguarde…

– Beba muita água ao sentir vontade de fumar, funciona mesmo!

– Escolha uma data p/ o Dia D e livre-se de cinzeiros, isqueiros, e cigarros, claro! Algumas pessoas relutam em jogar fora todos os cigarros. Costumo dizer que ficar com cigarros ao parar de fumar é como manter a foto do ex-namorado na carteira mesmo depois do fim. Pode ser sofrido mas é preciso tirá-la de lá.

– Evite estar no ambiente em que outras pessoas estejam fumando e evite se testar nos primeiros dias, é exigir muito de você mesmo nesta etapa. Por acaso a gente compra uma torta de chocolate e põe na geladeira ao começar uma dieta? Claro que não! Poupe-se, ajude a si mesmo e afaste-se de situações muito tentadoras no início.

Vou parar para não ficar muito comprido, mas após vários anos de trabalho com fumantes ainda muitas dicas podem ser dadas. Quem já parou também pode ajudar escrevendo sobre sua experiência, vamos lá!

6 comentários em “Dicas Úteis

  1. Acredito que , tomar água, vitaminas, se abster do café, da cerveja, procurar psicológos, remédios, acupunturas e médicos especializados, tudo serve como muleta, mas nada que não precise de sua FORÇA DE VONTADE. O importante a meu ver é um limite pra que nunca mais volte.. que no meu caso – foram 30 dias…
    O gostar de furmar, do cheiro do hábito faz parte da vida do fumante, senão ele não seria um viciado.. , e da mesma forma que há um esforço nosso pra nos tornarmos viciados, deverá haver o mesmo para largar, pois começar é tão difícil como largar.
    Agora há casos e casos, no meu por exemplo eu gosto do cheiro até hoje, apesar dos 7 anos que já se passaram depois da ultima tragada rsrsrs,mas, hoje as pessoas podem fumar do meu lado que não me incomodo, porém não arrisco dar o primeiro trago, que tenho a consciencia que seria fatal.
    Acredito que devemos ter essa consciência, para mantermos no mínimo a abstinência, compatível com o tempo que se fumou, para que possamos nos tornar libertos do vicío..eu ainda não cheguei lá, mas vou chegar, ou ao menos pretendo.. (se não morrer antes), quando falo sobre o assunto é como se ainda fosse fumante..
    Fumei mais ou menos 22 anos.. tive o contato com cigarro desde muito novinha..Não acreditava ser capaz de largar do cigarro nesta encarnação, para mim parecia algo quase que impossivel, mas consegui com acupuntura a laser, vitaminas e muita, mas muita , muita mesmo Força de Vontade.. (que nem eu mesmo sabia que tinha rsrsrsrs)

  2. Fumando desde os dez anos, fumei uns trinta anos, parei em 2004, no Natal, mas tomei todos os remédios existentes no mercado, fiz todas as terapias, mas como cada um é cada um, prá mim só reforçou a idéia de fumar mais e mais, pois era como se eu tivesse que desafiar os tratamentos e terapias, (desculpa de fumante).
    No ano de 2004, fiz de tudo até o mês de agosto, aí cansei, parei com tudo! Pensei e me prometi: Vou fumar o que tiver que fumar até o dia 31 de dezembro, aí paro antes de meia noite e começo o ano de 2005 livre e limpa de vicios……foi o que fiz até o dia 24 de dezembre, véspera de Natal.
    Fui a SP no começo de dezembro, e como toda boa fumante, coloquei, em primeiro lugar, na mala o que era mais importae, pacotes e pacotes de cigarros, para depois, na ordem de importância, colocar roupas,documentos e outra ‘bobagens’.
    Lá estava eu em SP, fumando passeando, fazendo compras (como se não tivesse bares que vendem cigarros) e chega a noite do dia 24, resolvi acender um cigarro, mas fui ver quantas carteiras ainda eu tinha na mala, para minha surpresa, nenhuma, e era o último cigarro da carteira….decidí que não era no final do ano que eu pararia de fumar, mas sim na noite de Natal, pensei: é hoje que as pessoa dão presentes em homenagem a Jesus, resolvi me dar de presente parar de fumar……
    Fui prá calçada com o meu último cigarro, afinal estava me despedindo de um amigo(?) de todas as horas, a companhia para insônia, para alegrias, tristezas, etc, enfim…..
    Me sentei no meio fio da calçada, acendí o último cigarro e para minha surpresa, dei apenas duas tragadas, apaguei e não fumei até hoje, também desde esse dia não sentí a menor vontade de fumar……..em compensação, minhas mãos ficaram meio sem saber o que fazer, comprei um rolo de barbante e fiquei fazendo correntinhas em crochet, fiz uma bola imemensa de correntinha…..e depois tricotei uma bolsa com a correntinha…..rs….esse é o meu troféu por parar de fumar……é isso, me programei meses antes, e meu subconciente se preparou e ‘paramos’ de fumar…nada de gerúndio, eu e meu inconsciente.

    Para de fumar não é dificil, são as pessoas que pensam que é!
    Párem, dá prá parar facilmente, e a vida fica bos, o paladar e os cheiros, é uma nova vida…..
    Beijos e vão em frente, não dói….só achem o que fazer com as mãos….namorar é legal….rs.

  3. “… (já vi muita gente usar adesivo e continuar fumando, o que aumenta a quantidade de nicotina no organismo!) …”

    Isso deixa bem claro o fator psíquico na multifatoriedade da dependência, que é “biopsicosocial”, ou seja, tem o fator biológico (dependência quimica), tem o fator psicológico (dependência psíquica) e o fator social (cigarro como “ferramenta” social para o relacionamento).

    É importante saber qual desses fatores é mais forte no paciente para conscientizá-lo e adequar o tratamento a cada caso.

  4. PARE DE FUMAR SEM TRAUMAS (minha experiência)

    A maioria das pessoas que se propõe a deixar de fumar encontram grandes dificuldades em realizar esta vontade. O ato de parar de fumar abruptamente provoca uma diminuição muito rápida nos teores das substancias tóxicas no organismo e o cérebro interpreta isso como uma perda, gerando um trauma o que afeta o sistema nervoso provocando ansiedade, irritação, insônia e sensação de vazios, entre outros sintomas. Alem disso a maioria dos indivíduos dentro dos próximos meses não suportam as angustias e voltam a fumar, e o pior em quantidades maiores.
    A minha experiência em parar de fumar sem traumas é uma maneira que se propõe a fazer com que a pessoa deixe de fumar de uma forma gradual e suave, sendo que o principal motivador é a diminuição constante das quantidades de cigarros fumados nos dias que se seguem ao processo de abstinência. Outro fator muito importante é a organização a se adotar para o sucesso da jornada. O terceiro, é que se tenha espírito de superação, porque é necessário dar a própria contribuição para que esse evento chegue a um resultado satisfatório.

    Ações:

    1°) Iniciar o processo de abstinência no primeiro dia de um mês qualquer.
    2°) Tenha sempre em casa um pacote com cigarros para o abastecimento,
    é muito importante que na carteira você tenha as quantidades exatas
    de cigarros a serem consumidas durante o dia.
    (3°) Nos momentos críticos tome água gelada, utilize um copo de 250ml e
    beba toda água contida no recipiente, sem parar.
    4°) Uma caminhada diária é muito aconselhável para acelerar a eliminação
    das substâncias tóxicas. (a eliminação da nicotina é feita pelos poros)

    Veja como é fácil;
    Exemplo de uma pessoa que fuma 25 cigarros por dia:

    No primeiro dia fumar 25 cigarros, no segundo fumar 24 cigarros, no terceiro fumar 23, 22,21,20 e vá diminuindo sucessivamente até a parada definitiva.

    Resultado:

    Com a diminuição de um cigarro por dia, ocorre uma baixa gradativa nas quantidades das substâncias do organismo e isso propicia um maior controle sobre a ansiedade e a vontade de fumar, daí em diante o que manda é força de vontade. Continue a usar a água gelada como arma. Com o passar dos dias “aquela vontade” vai regredindo mais rápido do que você imagina. Só para se ter uma idéia, é muito mais fácil para de fumar do que encarar um regime de emagrecimento.

    Boa Sorte, Euripedes N. Torres
    Meus agradecimentos a: Laércio Calandrino pela idéia.

  5. Fazem exatamente 18 dias que eu parei de fumar, fumei durante 10 anos e nos ultimos 02 anos eu estava já consumindo 02 maços por dia, o Malboro era algo que não podia nunca faltar nem um minuto na minha vida, ficava irritada e muito nervosa se acaso acabava os cigarros na noite, na balada e etc.
    A unica coisa que fez com que eu parasse de fumar de uma vez e definitivamente foi o meu marido, ele um dia reuniu toda a coragem que tinha e disse que não suportava mesmo o cheiro, porém ele aguentava por minha causa…ele disse que chegava em casa e ja sentia o cheiro no ar horrivel, me beijava e o gosto era horrivel, eu me arrumava para sair e meu cabelo tinha um cheiro horrivel, minhas roupas tinham um cheiro horrivel…bem é muito dificil uma mulher vaidosa como eu ouvir isso..rsrsrs, eu peguei raiva do cigarro.
    BOm eu não diminui o cigarro eu parei de fumar na mesma hora e não voltei mais…a abstinencia foi muito ruim, eu sofri, senti dores no corpo, tontura, nervoso senti tudo, eu sonho que estou fumando, sonho que estou comprando cigarros, fico deprimida e tenho sim aquele sentimento de vazio, tb não tenho mais vontade de fazer coisas que o cigarro era inevitável, tipo algumas peças de artesanato, sair pra beber com amigos…não tenho mais vontade, fiquei e estou deprimida, mas eu vou seguir em frente e não vou voltar atras, pois me sinto melhor, minha pele melhorou, sinto odores que não sentia, gosto das coisas e tb mais disposta.
    obrigada por ler..rsr
    kelly força sempre

  6. Prezados Senhores
    gostei de ser citado por um grande amigo por ter ajudado a ele na tarefa de diminiur ate parar de fumar. Agora é a minha vez de pedir que encaminhem a ele esta mensagem ou me informem seu email pois perdi contato com ele. Trata-se de Euripedes Negocia Torres, depoente deste blog
    grato
    Laercio Calandrino

Deixe uma resposta