O que fazer com a ansiedade?

[photopress:Ansiedade_1.jpg,full,alignright]
Ao parar de fumar, é comum as pessoas falarem que ficam muito ansiosas, irritadas, brigam à toa, a ponto de até ouvirem às vezes: do jeito que você está, é melhor fumar! Cuidado: não é melhor não!

O fato é que a ansiedade e irritabilidade fazem parte dos sintomas de abstinência e VÃO PASSAR. Mas é uma boa chance de você tentar enfrentar pela primeira vez este tipo de sentimento sem fumar! Isto porque aposto que fumava ao se sentir assim antes, e daí agora ter a sensação de não saber o que fazer com isto.

Então, calma, tente se preparar e pensar o que pode te ajudar nesta hora. A velha opção de respirar fundo e contar até dez pode parecer uma bobagem, mas não é. Só de respirar fundo algumas vezes, a gente equilibra uma função importantíssima e alivia o stress.

Procure identificar o que está te deixando tenso e não culpe só a falta de cigarro: às vezes os acontecimentos do dia interferem e aí é bom discriminar: posso fazer algo para resolver isto? Ou preciso aceitar, me adaptar? Com esta atitude de reflexão a gente encara o problema de frente e não mais através da cortina de fumaça do cigarro.

E use tudo o que puder lhe ajudar. Gosta de música? Ligue o rádio, leve consigo um Ipod (não tem? participe do Concurso de Vídeos da ACTbr que vc pode ganhar :)); Gosta de plantas? É hora de cultivá-las. Nunca meditou? Experimente; Sabe fazer tricô? Trabalho manual ajuda, além dos esportes, exercícios de relaxamento, etc, etc.

Para quem deixar de fumar com tratamento médico/psicológico em geral a ansiedade é menor, mas de qualquer forma pode ocorrer, afinal é um novo aprendizado viver sem o cigarro e conseguir lidar com as emoções sem ele.

A fissura por fumar, que é comum e se refere aquele momento de muuuuita vontade, em geral é intensa mas rápida; se você conseguir driblá-la, verá que dura no máximo 5 minutos, e aos poucos vai sendo vencida.

De repente você pode até se surpreender, descobrir que pode ser até mais calmo e feliz sem o cigarro, largando junto o fumo e a amargura que vem com ele.

2 comentários em “O que fazer com a ansiedade?

  1. Entrei no site para falar sobre minha experiência de parar de fumar com a intenção de ajudar outras pessoas e fiquei surpresa quando li que a vontade de fumar dura no máximo 5 minutos. Meu tio faleceu de câncer no pulmão e eu que fumava a 25 anos e já estava acordando sem conseguir respirar direito, decidi que ia parar. Tentei a primeira vez e no segundo dia não aguentei e voltei. Na segunda tentativa a mesma coisa. Então, não sei como me surgiu a idéia, comecei a marcar no relógio quanto durava a “crise de abstinência”, como eu chamava a vontade louca de fumar e o quando ela passava quanto tempo eu ficava sem vontade. No primeiro dia eeu ficava 30 minutos sem vontade eexatamente depois de 30 minutos, a vontade de fumar vinha com força total e durava exatamente 5 minutos. Com a ajuda de muita oração, de pedir muuito a Deus que me ajudasse, eu consegui passar pelos 5 minutos. Conforme os dias iam passando o tempo da vontade de fumar vir era maior até que no quarto e quinto dias quase não sentia a crise de abstinência e era muito mais branda. Em uma semana me senti livre da dependência de nicotina. Marcar no relógio me ajudou muito porque eu já sabia quando vinha aquela vontade desesperada e saber o tempo que durava me ajudava a ter paciência para resistir. Falei para o meu irmão e isso ajudou ele a parar mas me mostrou que cada pessoa tem seu tempo. Meu irmão nas vezes que parou, voltou uma semana depois, outra vez voltou depois de um mês, eu depois de um mês sem fumar, não sentia a mínima vontade do cigarro e tinha o propósito muito forte de não mais voltar. Espero que isso ajude a algum fumante. Boa-sorte para vocês porque fumar é realmente muito ruim.

  2. vaLEU kátia Arlindo da Silva
    eu também parei de fumar e faz 7 meses
    e fumei mais de 20anos e parei sem remédios me mantive parando a cada minuto que decidi parar. as vontades de fumar são fortes mas consegui vencer e ja tinha tentado outrs vezes sem sucesso. mas desta vez foi para valer e olha o resultado sou ex fumante.. somos mais fortes que qualquer coisas quando somos nós mesmos . não estou mais feliz foi bom quando fumei não discrimino quem fuma mas passou a minha fase de fumante tinha que parar… Boa sorte não desista continue tentatndo 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10 … uma hora você vai descobrir sozinho (a) o jeito de parar sem remédio sem ajuda sem nada .
    Aristides Quadros

Deixe uma resposta