Ilusão de ótica

Estava pensando num filme do Youtube sobre fumo passivo ( CLIQUE AQUI PARA VER ) que achei muito interessante pois ele mostra uma simulação caso a fumaça do cigarro fosse escura e se mostrasse claramente no ambiente, é impactante!

Acho que algumas pessoas ficariam menos tentadas a fumar se os efeitos fossem tão visivelmente perceptíveis, tanto no ambiente quanto no próprio corpo. Não sou muito a favor da linha que induz a parar de fumar através do medo e de imagens chocantes, acredito mais no poder da decisão pessoal, no desejo de uma vida mais saudável e no uso de recursos disponíveis em saúde (apoio profissional, etc), mas também não dá p/ tapar o sol com a peneira e às vezes é bom lembrar que de fato o estrago do cigarro é grande.

E aí lembrei também de um paciente que atendi há muito tempo, mas do qual sempre me recordo, que disse: “a gente se ilude com o cigarro, não o vê como ele realmente é. Um truque que estou usando para me ajudar a ficar longe dele é vê-lo como um veneno mesmo: se você chegar em casa morto de sede e só tiver uma garrafa com um líquido escrito – VENENO – você vai tomar? Não, mesmo se estiver com muita sede, porque de veneno a gente quer distância.”

A propósito, PARABÉNS, Sonia, estar 12 dias sem fumar é uma vitória!

5 comentários em “Ilusão de ótica

  1. Curitiba, 17 de outubro de 2007

    P A R A B É N S pelo site.
    A iniciativa de de motivar as pessoas a NÃO FUMAREM é excelente e, creio, cada um de ex-fumante poderia colaborar de algum jeito.

    Eu, também um ex fumante inveterado, gostaria de colaborar.

    Mas.. como???

    Só posso tentar expor aqui meu depoimento de como deixei de fumar.

    Vamos lá?

    Dia 04 de fevereiro de 2004, uma quarta-feira. 06:30h da manhã.

    Acabei de acordar e, para ir do quarto até o banheiro eram mais ou menos 10 metros.

    Neste trajeto, eu já acendia um cigarro no quarto mesmo e, ao chegar ao banheiro já estava
    fumegante. Pronto para mais um dia de trabalho e problemas.

    Como comecei a fumar com12/13 anos, já estava 46 anos e já tinha pensado em parar de fumar. Umas duas tentatívas infrutíferas me haviam feito pensar que, meu destino seria morrer fumando.

    Naquel glorioso dia 04 de fevereiro, levantei, peguei a carteira de cigarros, peguei um cigarro, levei à boca, acendi o isqueiro e… parei.

    – Caramba! Nem estou de pé ainda e já estou acendendo um cigarro!! Pois eu vou mostrar que posso parar de fumar.
    Não vou parar porque a minha mulher quer. Nem porque minha filha pediu. Nem porque os amigos me “enchem o saco” por isto. Nem porque faz mal à saúde! Nem porque me cu$ta caro.
    Vou parar porque EU QUERO PARAR. Não tenho que achar justificativa maior que esta:
    EU QUERO PARAR DE FUMAR….

    Pois bem…. já estou completando quase quatro anos sem fumar e quer saber de uma coisa?

    Não sinto vontade nenhuma em fumar. Nem a “síndrome de abstinência” eu tive.
    Nem comi demais. Nem briguei com ninguém nem nada.
    Simplesmente…. EU NÃO QUERO FUMAR. E ponto!

    Então… se eu que fumei duirante tanto tempo consegui parar, VOCÊ também pode.

    Basta querer e dizer para o teu cérebro: EU QUERO PARAR DE FUMAR.

    Acredite em mim. FUNCIONA.

    Abraços

    Eloy Ribeiro de Souza

  2. Olá, fico feliz de ver que tem mais gente e organizações no combate ao fumo. Fumei por quinze anos e parei subitamente há 1 ano e seis meses, foi muito difícil, mas, para não sucumbir, precisei mascar a goma de nicotina. Apesar de não mais ter fumado, ainda continuo mascando quando fico ansioso. procurei informações acerca do comprometimento do meu organismo em continuar mascando a goma, mas não encontrei respostas em lugar algum. Não creio que seja uma batalha como o foi parar de fumar, mas será que vc´s têm alguma informação que poderia me ajudar acerca da dependência à nicotina? Há reflexos em continuar ingerindo esta substância? Obrigado, não apenas se puderem me ajudar, mas, principalmente, pela iniciativa deste blog. Espero um dia estar comemorando meus 20 anos sem fumar.

    Henrique de Sousa Lima

    P.S: tomei conhecimento do blog através do Blog do Noblat.

  3. Deixar de fumar requer psicologia.Na hora de dormir, reze e peça a Deus força para deixar o vicio, qq que ele seja.Em troca, vc promeye ficar 24 horas sem satisfazer o vicio.Se vc achar que Deus deu força, na noite seguinte vc refaz a promessa, e assim sucessivamente , até deixar o vicio por completo.

    Se vc achar que Deus não deu força, vc cumpre suas 24 horas e recomeça o vicio.Quer dizer, vc pode voltar ao vicio qdo quiser, bastam que passem 24 hora.Eu deixei o fumo, 17 anos, jogo 17 e bebida 4 anos.Sempre assim.Se vc fizer, faça só vc e Deus.Já consegui fazer 4 pararem.

  4. Cplto. As vezes Deus tira 100% a vontade de satisfazer o vicio, as vezes tem uma recaida.Mas tente.O importante é o 1° passo.(Não precisa crer em Deus).Qdo um homem abandona um vicio, é uma grande vitoria, e ele começa a se preparar para deixar o proximo.

Deixe uma resposta