ACABOU O DISFARCE

campanha #acabouodisfarce

A ACT+ lançou nova campanha online chamada “Acabou o disfarce”. Desenvolvida pela Havas Worldwide, e com apoio da World Lung Foundation e da Tobacco Free Kids, a campanha tem como conceito a armadilha que são, para os jovens, as embalagens atrativas de cigarros. E mostra duas imagens poderosas: de uma ratoeira disfarçada em circo e de móbiles com embalagens suaves e apropriadas a crianças. O slogan é: “Você vai continuar permitindo que embalagens de cigarro continuem atraindo milhares de jovens pro vício do cigarro? Aprove o Projeto de Lei que padroniza as embalagens de cigarro”.

A campanha se baseou em relatório feito com outras organizações de países latino-americanos, que mostra porque a exibição de produtos de tabaco em pontos de venda é uma forma de publicidade. Intitulada Crianças e jovens na mira da indústria do tabaco, a análise conta com a contribuição da publicitária Regina Blessa, especialista em marketing e varejo. Ela mostra que o ponto de venda (PDV) é considerado pela indústria do tabaco como um importante canal de comunicação para manter o contato com os consumidores e gerar novos clientes. Para mais informações: http://www.actbr.org.br/uploads/conteudo/1027_criancas-SUS.pdf

Tanto a campanha quanto o relatório reforçam o apoio da ACT+ ao Projeto de Lei 1744/2015, que prevê a adoção de embalagens padronizadas, sem logomarcas, design e textos promocionais, para todas as marcas de cigarro no mercado. A campanha da ACT+ direciona para a assinatura de uma petição online, disponível em http://chn.ge/1EiEJbW, apoiando a medida, e incentiva as pessoas a usarem a hashtag #acabouodisfarce. A campanha pode ser acessada no site www.limitetabaco.org.br

Deixe uma resposta